Origem e formação

Os primeiros registros da raça Braford remontam aos EUA, nos anos 1960 - resultado do cruzamento do Hereford e do Brahman. No final dessa mesma década, pecuaristas do Rio Grande do Sul investiram na importação de exemplares americanos da raça Brahman, visando o cruzamento com o já difundido Hereford para a formação do Braford brasileiro.

Em solo gaúcho, anos mais tarde, ganhou força o esquema utilizado para a produção do “Braford Pampiano”, cruza do Hereford com o Nelore nos campos da região Fronteira Oeste do Estado, em um trabalho idealizado por criadores pioneiros e realizado em propriedades como as da sucessão de René Ormazabal. Assim, mais uma vez alicerçada nos pilares da inovação, a Estância do Sossego é legitimada como um dos berços da raça Braford no País.

Avanço e consolidação

Após anos de iniciativas na busca pela unificação dos esquemas de cruzamento e da padronização da nova raça, coordenadas pela atual ABHB e pela Embrapa Pecuária Sul, o Braford obteve o início dos registros de graus de sangue e mapemanento dos criatórios em 1983, seguido pelo reconhecimento, pelo Ministério da Agricultura, de raça em formação em 1993 e a pela oficialização, em 2003. Cinquenta anos após os primeiros cruzamentos, o Braford brasileiro segue a avançar e a reafirmar, temporada após temporada, sua ascensão no mercado da pecuária de corte, no qual detém o status de raça mais valorizada da atualidade. O prestígio é impulsionado pelas características da moderna raça Braford, que congrega a fertilidade, habilidade materna, precocidade, temperamento dócil, volume e qualidade da carne do Hereford com a capacidade de adaptação aos trópicos, resistência aos ectoparasitas, rusticidade e rendimento de carcaça dos zebuínos, além do benefício indiscutível da heterose, que qualifica ainda mais a carne.

Braford da Sossego

Na Estância do Sossego, o sistema de produção é de ciclo completo (cria, recria e engorda), com o uso de modernas estratégias para a obtenção de resultados superiores. A coleta de dados, através do PampaPlus, e avançadas técnicas de reprodução, como IATF, transferência de embriões e fecundação in vitro, são utilizadas para multiplicar os animais de genética avançada e comprovada. O plantel se desenvolve em campo nativo e em pastagens artificiais, tendo um pivô central de irrigação como aliado no processo de produção. Essa conjuntura contribui para um expressivo ganho de peso dos animais e, consequentemente, para a redução da idade de abate. Luciano Dornelles, genro de Ana Maria Ormazabal Moura e Bolivar Moura, é o administrador da propriedade, responsável pela pecuária de excelência, cuja qualidade genética é afamada no mercado e atestada nas pistas de julgamento da raça Braford.

Genética comprovada

Atual tricampeã do ranking nacional Braford da ABHB, a Estância do Sossego é reconhecida pelo excelente desempenho nas mais importantes exposições oficiais da ABHB, como a Nacional HB e a Expointer. No Sumário Anual do PampaPlus, a Sossego também coleciona conquistas, a exemplo do Melhor Touro Jovem das edições 2015 e 2018 do encarte, Pampiano do Sossego 38-I029 e Pampiano do Sossego 38-TEL152, respectivamente, ambos com IQG 0,1%. Para mais, são muitos os exemplares de ponta e contratados por renomadas centrais de inseminação do País. Entre muitos outros, vale ressaltar: Imperador, Grande Campeão Nacional 2014 / Grande Campeão Expointer 2014; Canhão, Bicampeão Nacional 2016/2017; e Mano Lima, Grande Campeão Nacional 2018 / Reservado Grande Campeão Expointer 2018.

Negócios

A multipremiada genética da Sossego entra em pista em destacados leilões da raça Braford. Em Santa Maria, no mês de setembro, os animais da propriedade são disputados no leilão São Xavier. Já em Uruguaiana, a Sossego promove o Remate Anual Braford, uma das atrações da programação da Expofeira, em outubro. Além dessas ocasiões, a Estância dispõe de venda permanente de reprodutores

Nossa Terra
Contato
Onde Comprar

Newsletter